Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Política

Operação Primo Rico da Polícia Federal e CGU expõem prefeitos de 3 cidades da Zona da Mata


Polícia Federal na sede administrativa de São José da Laje; prefeito Rodrigo Valença está em Miami(EUA), segundo uma fonte do blog


As prefeituras de São José da Laje, Messias e Ibateguara, localizadas na zona da Mata alagoana receberam na manhã desta terça-feira,11, a visita de agentes da Policia Federal e auditores da CGU-AL na operação Primo Rico.

Em São José da Laje, o prefeito Rodrigo Valença não estava na cidade, pois se encontra em Miami-EUA onde passará a Semana Santa, segundo uma fonte do blog.

 PF e a CGU buscam provas do possível desvio de recursos de contratos de transporte, material de limpeza e gestão de serviços públicos, nas áreas da saúde e da educação, que teriam sido operados junto a empresas fictícias, entre 2013 e 2016, nas gestões dos prefeitos Geo Cruz (PTdoB), em Ibateguara; Jarbas Omena (PSDB), em Messias, e Rodrigo Valença (PMDB), em São José da Laje.

Do montante investigado, R$ 18 milhões são de origem federal. Ao todo foram envolvidos 25 pessoas entre policiais federais e auditores.

Logo cedo a PF soltou uma nota com a imprensa esclarecendo com riqueza de  detalhes a motivação da operação e o seu nome "Primo Rico", acompanhe a seguir:

Nota a Imprensa

A Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas, em conjunto com a Controladoria-Geral da União, desencadeou na data de hoje ação policial denominada “OPERAÇÃO PRIMO RICO”, com o cumprimento de três Mandados de Busca e Apreensão no interior do estado de Alagoas.



A investigação visa apurar e reprimir possível desvio de recursos públicos municipais e federais das áreas de saúde e educação entre 2013 e 2016, nos municípios de Ibateguara/AL, Messias/AL e São José da Laje/AL.

Segundo levantamentos preliminares realizados através da instrução de inquérito policial, tais municípios teriam contratado ou firmado parcerias com empresas e entidade fictícias, com emprego de recursos próprios e verbas federais da área de saúde e educação. Dessas pessoas jurídicas, algumas não foram encontradas funcionando nos endereços constantes dos respectivos registros formais, enquanto uma delas aparentemente possuía porte acanhado, sem funcionários registrados, o que se mostra incompatível com o recebimento de consideráveis pagamentos por parte de uma das prefeituras citadas.

Além das buscas em residências e empresas, a PF se dirigiu e requisitou às prefeituras e secretarias municipais envolvidas o imediato fornecimento de toda a documentação referente a contratos ou parcerias firmadas com as empresas sob investigação.

Estima-se que as pessoas jurídicas envolvidas tenham recebido pelo menos R$ 30 milhões das prefeituras de Ibateguara/AL, Messias/AL e São José da Laje/AL entre 2013 e 2016.

Todos os mandados judiciais estão sendo cumpridos em Ibateguara/AL. Todo o material arrecadado será encaminhado à sede da PF em Alagoas, para posterior análise em conjunto com a CGU/AL.

Os envolvidos com o esquema podem responder pelos crimes de peculato (art. 312 do Código Penal), fraudes em licitações (Arts. 89 e 90 da Lei 8.666/93), e lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei nº 9.613/98), cujas penas, somadas, podem atingir até 27 anos de prisão.

Com Assessoria da PF e CGU-AL

 

Publicado em 11/04/2017
13 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. User

    Justiça legal escreveu em 13/04/2017 22:59:24:

    Esperamos que essa operação chega a União dos palmares e começe a investigar os abaurdos que ocorrem no executivo, licitações zero, contratos milionarios, e sem falar no nepotismo, creio que essa operação o renomado gestor conheça muito bem, pois já cliente. Esperamos que a justiça seja feita e aconteça na hora certa.

  2. User

    Sacocheio escreveu em 13/04/2017 16:09:44:

    É ladrão demais gente! São esses canalhas que desfalcam os cofres públicos e frustram os sonhos de milhões de brasileiros, que buscam por dias melhores pra seus filhos e esbarram na falta das coisas mais básicas e essenciais pra sobrevivência de qualquer cidadão que assim como eu, paga impostos absurdos/abusivos, os mais altos do planeta, portanto cobra e necessita de saúde, educação, segurança, infraestrutura... Enfim, essa cambada de ladrões de colarinho embolsa nosso dinheiro e nós população ficamos a ver navios.

    Esses caras são mais terroristas que o estado islâmico, matam a população na unha sem dó nem piedade puramente por ganância e "poder"
    LAMENTÁVEL!

  3. User

    Marcos escreveu em 12/04/2017 23:13:44:

    Ou matuto a federal já conhece o gabiru velho ela vai pegar catita nova antes que ela cresça se e que ja nao cresceu pelo visto sim mas ratoeira o pegou

  4. User

    povo de ibateguara escreveu em 12/04/2017 20:58:26:

    ta na cara q o geo cruz tem rabo preso pq com é q uma pessoa q não tem uma bicicleta e tem grandes faturamentos juntos com seu cunhado e servidor da prefeitura e q toma partes das licitações,isso tem tudo haver com o gestor bastar só a PF querer descobrir,e tem tb a empresa ong e a de calçamentos q fez grande obras na cidade,parabéns a PF investiguem mesmo e coloque esse gestor na cadeia pq tá demorando muito vcs descobrirem e sem contar os postos de gasolina,fazendas e etc.

  5. User

    Paulo escreveu em 12/04/2017 20:12:46:

    Em Ibateguara é mesmo assim, nas escolas falta tudo e o salário do professor cada vez pior. É como o próprio prefeito disse "se quiser é assim". Kkkkkkk se realmente houver justiça muita coisa encontra em Ibateguara, "né pai".

  6. User

    Paulo escreveu em 12/04/2017 20:10:09:

    Em Ibateguara é mesmo assim, nas escolas falta tudo e o salário do professor cada vez pior. É como o próprio prefeito disse "se quiser é assim". Kkkkkkk se realmente houver justiça muita coisa encontra em Ibateguara, "né pai".

  7. User

    Lajense​ escreveu em 12/04/2017 19:38:08:

    Filho de Peixe Peixinho é!

  8. User

    O povo quer ouvi escreveu em 12/04/2017 16:05:15:

    A radio laje fm está de parabéns pelo formato que hoje está desenvolvendo uma programação de qualidade com bons comunicadores, mais infelizmente com rabos preso ao poder executivo, onde omiti informar algo que venha prejudicar o gestor. Por uma rádio livre e idêntica.

  9. User

    Carol escreveu em 12/04/2017 15:26:08:

    Muito interessante seu comentário Né Pai ! Vc tem certeza que mora em Ibateguara? Porque na maioria de suas observações parece que vc está falando da Laje, principalmente quando se trata das escolas e os aumentos para os professores, com uma pequena diferença é que aqui nem satisfação ele dá. Mas a população alienada acredita que ele é bom. Mas é como dizem: Um dia a casa cai!

  10. User

    Da Lage escreveu em 12/04/2017 14:53:27:

    O Neno, foi avisado logo cedinho da presença da PF aqui na Lage, foi flagrado pelas câmeras de um estabelecimento comercial, dando uma carreira, não deu tempo nem de vestir a camisa, saiu em disparada no sentido USGA, só de calção, kkkkkkk, medo da bexiga de ir preso novamente. Kkkkkkkk

  11. User

    Seu Manuel escreveu em 12/04/2017 09:46:27:

    Na Laje, o histórico família é gigantesco, pois não me admira o filho segui os passos do pai, onde ele não está ai no poder para vira a madre teresa de calcutar, mais sim manter o poder e a ostentação dos seus familiares e aliados, onde a PF e CGU não precisa de ir muito longe pois vai descobri muita coisa errada, pois existi uma publicidade do prefeito bom moço.

  12. User

    Matuto escreveu em 12/04/2017 07:19:40:

    Aqui na Lage não. Querem denigrir a imagem do prefeito pré candidato a deputado que tem boa índole junto com o pai neno e família isso é um absurdo estou indignado com essas denuncia, tanto aqui na prefeitura e no Planalto em Brasília só tem politicos inocentes e trabalhadores.

  13. User

    Né Pai escreveu em 11/04/2017 22:10:37:

    Falo por Ibateguara, pois sou de lá. A PF não precisa ir muito longe pra descobrir que todas estas denúncias são verdadeiras, até uma pessoa comum que vive aqui percebe. Empresas fantasmas em nomes de laranjas, pessoas comuns, moleques... Se passando por dono de grandes empresas e movimentando milhões em reais KKKKKKKK. AGORA ESTÁ EXPLICADO POR QUE O PREFEITO VIVE DIZENDO QUE NÃO PODE PAGAR O AUMENTO DO PISO DOS PROFESSORES (em 2016 a categoria não teve aumento e este ano também o prefeito já disse que não pode pagar o aumento aos professores). NAS ESCOLAS NÃO SE ENCONTRA UMA FOLHA DE PAPEL OFÍCIO PARA OS PROFESSORES XEROCAR UMA TAREFA PRA TRABALHAR COM OS ALUNOS (se o professor precisar xerocar uma tarefa precisa comprar o papel), A MERENDA NA ESCOLA TEM DIAS QUE É 5 BOLACHA MARIA CONTADA, CONTADA MESMO, COM SUCO RALO. Agora querem rendimento em sala de aula, são não sei quantos projetos que o professor precisa executar durante o ano, é uma cobrança por planejamentos, sequência didáticas, más condições para se trabalhar e VALORIZAÇÃO DO PROFESSOR que é bom, nada. QUERO QUE A FEDERAL PRENDA TODOS, SEM ESQUECER SECRETÁRIOS, PRESIDENTE DE CONSELHOS de fachada, LARANJAS e BABA OVOS.

Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: