Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Polícia

Acusado de homicídio em União dos Palmares é condenado a 18 anos de reclusão


Juiz Anderson dos Passos, presidiu Tribunal do Júri que condenou Marinho


O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de União dos Palmares condenou o réu Amaro José da Conceição, vulgo Marinho, a 18 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, pelo crime de homicídio qualificado contra Severino Ramos Silva, ocorrido em junho de 2010. O julgamento foi presidido pelo juiz Anderson Santos dos Passos, na quarta-feira (3).

De acordo com os autos, o acusado foi o autor intelectual do homicídio, pois teria mandado uma terceira pessoa praticar o ato. Foram reconhecidas as qualificadoras de motivo torpe, consistente na vingança, e por recurso que impossibilitou ou dificultou a defesa da vítima. A tese sustentada pela defesa foi de negativa de autoria.

O crime teria sido motivado pela denúncia que Severino supostamente fez à polícia, alegando que Amaro seria o líder do tráfico de drogas de um bairro da cidade mais conhecido como "Vargem".

Severino era evangelico e retornava para casa quando foi executado por dois homens supostamente ligados a Marinho. O julgamento popular acabou por volta das 18h desta quarta-feira,3, no Fórum da cidade. Amaro José da Conceição segue preso no presídio do Agreste.

Por Ascom TJ/AL | Portal Gazetaweb.com

Publicado em 04/05/2017
0 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: