Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Polícia

Confusão na feira livre de União dos Palmares, envolve fiscais do prefeito Kil de Freitas


Na confusão, a polícia militar foi acionada



Márcia - foi encaminhada para o IML para exame de corpo delito


Está cada vez mais dificil a convivência entre fiscais da feira livre de União dos Palmares e os feirantes, depois que eles foram deslocados de seus antigos lugares para ruas e locais de pouca frequência da clientela. Hoje pela manhã, um grupo de fiscais protagonizaram uma confusão na feira livre que foi necessário a presença da polícia militar e o caso foi parar na delegacia regional de polícia.

Um garoto, utilizando um carro de mão, queimou a faixa de gaza delimitada pelos severos agentes da prefeitura e acabou envolvendo a proprietária da mercadoria num bafafá desproporcional no começo da avenida Monsenhor Clovis Duarte.

Vídeos, fotos e áudios ganharam as redes sociais, onde em algumas imagens é possível ver um fiscal da feira tentando algemar a feirante identificada como Márcia. Em determinado momento, ela se desvencilha do funcionário do prefeito Kil de Freitas, idealizador da mudança da feira livre, e um tumulto de forma generalizada acontece.

Em outro vídeo, o garoto é abordado por uma guarnição da polícia militar, onde ele justifica aos policiais do 2º Batalhão de União dos Palmares a necessidade de ganhar o pão de cada dia. Falante, ele defende a dona da mercadoria e diz que foi agredido e que essa confusão estava prevista por que os fiscais da feira livre são provocadores.

Levados para a delegacia regional, um Boletim de Ocorrências foi lavrado . De acordo com o BO, o menor Thácio Tenório da Silva Lima, de 15 anos, estava vendendo verdura na avenida Monsenhor Clovis Duarte, área proibida pelo decreto baixado pelo prefeito Areski Freitas.

Nesse instante os fiscais Kleison Prazeres Moreira,34 e Célio Genuíno de Oliveira,39 anos, abordam o menor que derramou a mercadoria no chão e de posse de uma barra de ferro ameaça os fiscais. Segundo relatos dos fiscais,a dona da mercadoria chega e aos gritos tenta impedir a apreensão da mercadoria. Uma tentativa de algemar a proprietária da mercadoria(Marcia) acontece, mas ela contou com a ajuda dos demais feirantes e ao fiscal não consegue. Caso a mercadoria fosse apreendida ela seria devolvida a dona ao meio dia.

Em nota, a Associação dos Feirantes de União dos Palmares fz duras criticas ao prefeito, Areski Freitas, condena a violência dos fiscais e se solidariza com os feirantes. O blog publica na íntegra o teor da nota de repúdio assinada pela presidente Dona Luiza, logo abaixo na íntegra.

NOTA

 "A associação dos feirantes de União dos Palmares, torna público e repudia a atitude do poder executivo em perseguir os trabalhadores, e que vai agir em relação aos fatos e esse é o retrato de um governo mentiroso perseguidor e que flagela a cada dia os trabalhadores, pois além de muitos feirantes perderem seus locais de trabalho perderam parte da dignidade pois em momento algum da nossa história tivemos a necessidade de receber donativos para nus manter e agora tivemos que recorrer ao governo do estado pois a prefeitura despreza e ignora a categoria que agora é tratada com violência utilizando força para agredir fisicamente os trabalhadores. É vergonhoso dentro de um estado democrático o trabalhador honesto ser agredido pôr está trabalhando lutaremos pôr justiça e acreditamos nela".

Dona Luiza - presidente

 

Publicado em 05/07/2017
25 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. User

    Peidadinho com isso escreveu em 13/07/2017 23:53:32:

    Esse povo gosta assim ,quanto mais eles bate mais eles votam

  2. User

    Paulo escreveu em 12/07/2017 22:18:12:

    Quando alguém vota num candidato é com intensão que ele possa fazer o melhor para todos os moradores, é obrigação do(a) prefeito(a) cuidar da cidade dando condições melhores para os cidadãos. Todos nós temos direitos e deveres. Está sendo vergonhoso a situação dos feirantes que apenas querem trabalhar enfim, o prefeito Kil precisa entender suas obrigações pois ele não é ditador ele é apenas um servidor público, sua obrigação é servir.

  3. User

    Sacocheio escreveu em 09/07/2017 13:10:28:

    Ôh JB que não é "de merda"... Tu acha mesmo que defende interesse do povo? Faz uma boa pesquisa com o povo que utiliza as principais artérias do centro da cidade, pra ter uma ideia doque o povo realmente quer e precisa... Eu mesmo como povo, quero poder transitar com meu veículo pra ir ao banco, lotérica, farmácia... Ou até mesmo pra comprar algo que precisar na cozinha na minha cozinha advindo da feira livre, agora se tu é advogado da desordem, um burro, um mal educado, um grosso, enfim um sem noção da vida é outra coisa.

  4. User

    JB escreveu em 08/07/2017 18:53:24:

    Oh Sacocheio de merda, tu é um bosta tbm fica defendo esse prefeito e esses fiscais burros que não entende de nada, tem que defender o povo não esses ladrões safados... Se liga kil tem que sumir

  5. User

    JB escreveu em 08/07/2017 15:31:39:

    Oh Sacocheio de merda, tu é um bosta tbm fica defendo esse prefeito e esses fiscais burros que não entende de nada, tem que defender o povo não esses ladrões safados... Se liga kil tem que sumir

  6. User

    JOSÉ FERNANDO PIMENTEL. escreveu em 07/07/2017 11:21:22:

    Não usarei aqui nenhum outro nome fictício para me esconder como tantos fazem, muitos por medo de represalhas outros por não terem coragem, sou palmarino morro em união no bairro de Fátima, sou funcionário do estado. Hoje é vergonhoso falar de União dos Palmares em qualquer lugar do mundo pois por todas as redes sociais estamos sendo conhecidos como a terra da desordem, é taxa de esgoto absurdamente sendo cobrada enquanto o proprio sistema polui de forma descarada os mananciais, é um governo que não olha para os mais carentes pelo contrario que os persegue de forma vergonhosa e trágica, para um governo que foi eleito de forma democrática, que não acorda em ver o quanto tem se afundado em um buraco no momento sem fundos, pois gradativamente vem maltratando denegrindo flagelando a maior industria de geração de empregos em nossa cidade onde nenhum outro segmento emprega tanto quanto essa feira.
    Feira essa centenária que em momento nenhum de sua historia presenciamos seus trabalhadores mendigarem por uma cesta básica que foram socorridos pelo governo do Estado pois o grande causador da fome nesse meio não teve iniciativa alguma para com a categoria preocupando-se apenas em agradar uma meia duzia que acham que são ricos. As mudanças elas devem sim acontecerem mais de forma gradativa e justa, não vimos em momento algum a preocupação com o pos mudança com quem seria atingido, nem tão pouco a creiação de um espaço novo para a feira que necessita de um novo mercado de banheiros e de tantas outra coisas peculiares que foram esquecidas, mais principalmente de respeito a quem nela trabalha e tira seu sustento, e não cenas de violencia onde mulheres e creianças foram espancados por estarem trabalhando, lamentavel saber que esse é o tratamento oferecido por quem deveria proteger o trabalhador, esperamos que esse comportamento mude principalmente do eleitor que tem a chave para mudar tudo isso. Que o pessoal que representa a classe não baixe a cabeça e continuem na luta pois eles tem mostrato força e garra além de muita honra em sua luta que continuem até a vitória de vocês nessa batalha desigual mais sabendo que Deus está ao seu lado.

  7. User

    Valmir Vieira. escreveu em 06/07/2017 22:06:13:

    União terra da lirbedade ,onde as leis são para poucos.

  8. User

    Kil de Freitas escreveu em 06/07/2017 19:41:03:

    Essa cidade está uma bagunça.... o prefeito está totalmente sem condições de governar união dos palmares!

  9. User

    ZÉ DA LÓ escreveu em 06/07/2017 16:52:51:

    ESSES FEIRANTES SÃO MUITO DO SAFADO TUDO VOTARAM NO KIL! Agora é birro nesse povo sem vergonha tudo traira deixaram Eduardo e Bruno pra votar no Kil desce a lenha mesmo kil do charque

  10. User

    Feirante escreveu em 06/07/2017 14:20:57:

    Isso é uma vergonha !
    O cupado disso é esse prefeito fi.. da pext...
    Esse tal de mil do charque

  11. User

    Cesar escreveu em 06/07/2017 13:09:47:

    Ivan para vc quanto pior melhor ne para de botar pilha em uma situação que já é delicada seu nome vai ser ivan inveja

  12. User

    neto escreveu em 06/07/2017 08:28:45:

    Em União ninguém respeita as leis, enquanto uns querem organizar outros só fazem tumulto.

  13. User

    Sacocheio escreveu em 06/07/2017 00:36:06:

    Quem desrespeita a lei está sujeito às consequências....
    Bota pocando fiscalização!!!!!!

  14. User

    leitor escreveu em 06/07/2017 00:11:54:

    o prefeito e suas equipes como sempre, ótima campanha senhor prefeito seus funcionários estão fazendo, não é com violençia que se resolve

  15. User

    João Almeida escreveu em 05/07/2017 23:52:58:

    Vivemos em um país de direitos e deveres em que o cidadão pode expressar sua opinião e fazer tudo que A LEI não PROÍBE. Hoje, por uma necessidade coletiva, há uma lei municipal que proíbe este tipo de comércio: vender produtos da feira livre em determinados lugares da cidade. Acho até justo, pois deve haver uma igualdade entre os feirantes, visto que os carrinhos privilegiam apenas alguns que tentam burlar as regras. Testemunhei hoje uma cena de desespero. Infelizmente, o jovem feirante, no ato de estresse, fez uma zona na feira. Sabendo que sua mercadoria iria ser apreendida, jogou o carrinho no chão e pegou uma barra de ferro ameaçando os fiscais. Logo após isso, chegou a dona da mercadoria, até achei que a moça iria repreender o garoto por ter jogado toda a cebola, a cenoura e a batata no chão, contudo ela cismou com um dos fiscais e começou a gritar com ele desesperadamente... após tantas encaradas ela pegou na beca (gola da camisa) do fiscal, nisso o funcionário da prefeitura a empurrou e o garoto enfurecido partiu com a barra de ferro para cima do fiscal, mas felizmente um guarda da SMTT estava no local e o impediu, dando-lhe uma "gravatada". A verdade tem que ser dita, antes de compartilharmos qualquer tipo de coisa devemos saber de fato como foi o ocorrido. Eu vi a confusão de perto e não foi da forma que mostraram nas redes sociais. Creio que as duas partes estejam erradas. Não estou querendo defender o lado A ou o lado B, acho que os fiscais eram para orientar o máximo possível e o recolhimento deixar para último plano. Já os feirantes deveriam se adaptar as mudanças que são extremamente importantes para a nossa cidade.

  16. User

    União limpa escreveu em 05/07/2017 22:08:45:

    Que cenário de guerra vivido em nossa cidade que tem nome de berço de liberdade mas que liberdade e essa que a todo tempo e aprisionada em amarras de gestão arquaica e obsoleta sem preparo algum para lidar com o povo. Esse sim um exemplo de luta e perseverança para tentar buscar um futuro um pouco melhor. E hora de nos população irmos as ruas para clamar aos judiciário providências urgentes para garantir nossos direitos que são descumpridos por pessoas que abusam de sua autoridade com truculência e violência. Até quando isto ?

  17. User

    verdadeiro escreveu em 05/07/2017 22:06:31:

    O Kil foi eleito com o voto de vocês feirantes! Quem não conhece o péssimo caráter deste perseguidor? Da próxima vez, saibam votar!

  18. User

    Alex Barros escreveu em 05/07/2017 20:45:34:

    inacreditavel a capacidade desse governo além de roubar merenda agora bate em mulher e criança

  19. User

    Bruno Alencar escreveu em 05/07/2017 20:43:43:

    a prefeitura arrumou o jeito certo de erradicar o trabalho infantil, dando cacete é esse o jeito ..... vergonha temos que acionar os direitos humanos

  20. User

    Bernadete escreveu em 05/07/2017 20:40:36:

    o prefeito kil além de trazer o flagelo da fome agora oferece pancadaria vergonhoso tudo isso, temos que acionar a proteçao das mulheres os direitos humanos

  21. User

    Carina Ferreira escreveu em 05/07/2017 20:38:19:

    absurdo ver estas coisas acontecerem, cade a justiça cade os direitos humanos.

  22. User

    Marcos almeida escreveu em 05/07/2017 20:36:47:

    agora em uniao e cacete no trabalhador. cade os direitos humanos

  23. User

    Elisabete escreveu em 05/07/2017 20:35:20:

    temos que acionar a comissáo de direitos humanos, e de proteçao as mulheres

  24. User

    ROGERIO FREITAS escreveu em 05/07/2017 20:33:29:

    A maior vergomha ja vista em nossa região, trabalhadores humilhados por um governo tirano sem precedentes quem tem que apanhar é quem frauda merenda kil do charque

  25. User

    ricardo nazario escreveu em 05/07/2017 20:31:01:

    vergonha total desse governo desastroso, agredindo mulheres trabalhadoras

Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: