Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Polícia

Professor de Murici morre após colidir sua moto com carreta na Br-101 em Flexeiras


Motocicleta do professor ficou debaixo dos pneus dianteiros da carreta na colisão



Professor Ubiratan morava em Murici e ensinava numa escola de Flexeiras


Um homem morreu em um acidente que envolveu a moto que conduzia e uma carreta, em um trecho da BR 101, no município de Flexeiras, na Zona da Mata alagoana.

Segundo testemunhas, a vítima identificada como José Ubiratan de Souza Lima, 39 anos, pilotava uma motocicleta modelo Bross 15, de cor preta e placa OHB 7195, indo sentido a cidade de Murici, onde residia, quando colidiu com uma carreta com placa de Osasco (SP), EGJ 9625, que seguia na via contrária.

O motorista da carreta, que permaneceu no local, informou aos policiais que estava vindo do Sudeste do país com destino a João Pessoa, no estado da Paraíba, quando foi surpreendido pelo motociclista. Disse também que ainda tentou desviar, para evitar a colisão, mas não conseguiu a tempo.

Um médico que trafegava pela rodovia ainda parou para prestar socorro a José Ubiratan, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Ainda segundo testemunhas, ele trabalhava como professor em Flexeiras.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local. O corpo foi conduzido para o Instituto Médico Legal de Maceió.

O motorista da carreta prestou depoimento e foi liberado.

* Com JG Notícias e o Blog

 

Publicado em 22/07/2017
3 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. User

    luciano escreveu em 23/07/2017 22:39:32:

    infelizmente morreu na luta pelo o pão, que Deus conforte essa família e que o bote em um bom lugar em seu reino

  2. User

    Daniel escreveu em 23/07/2017 07:07:56:

    Rapaz que notícia foi esta. Fiquei muito triste com esse acontecimento. Ubiratan sempre foi um professor bastante esforçado e uma pessoa de boa conduta, um cara bastante tranquilo e comprometido. Ele também leciona no município de Atalaia, e sua correria era grande trabalhando entre municípios diferentes para garantir seu sustento. Infelizmente mais um guerreiro se vai. Se o salário de professor fosse mais justo, provavelmente ele não seria obrigado a estar se arriscando tanto nas estradas. Que a família dele tenha certeza que ele é um cara bem quisto por onde andou. Deus conforte vocês, pois ele com certeza estará em um bom lugar.

  3. User

    José Gomes escreveu em 22/07/2017 10:45:36:

    Que o nosso bom Deus possa lhe receber de braços abertos. Meu amigo do curso de Geografia na Uneal, aluno esforçado e bastante dedicado e excelente professor.

Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: