Chapa 2 visita delegacias da PC na Zona da Mata e amplia favoritismo


Maioria dos agentes da PC em União dos Palmares estão com a chapa 2



Edson, se entusiasmou quando recebeu apoio dos colegas através de um cartaz no mural da delegacia



Alexandre defende programa da chapa 2 com os colegas da PC em União dos Palmares



José Roberto Ventura, jornalista e policial civil vota chapa 2



Alexandre: "agente da PC deve ser respeitado em seu valores"



Edson: urnas para as delegacias do interior



Representantes da Chapa 2 que disputam a eleição para a presidência do sindicato dos Policiais Civis de Alagoas cabalaram votos na tarde desta quinta-feira,27, nos municípios da Zona da Mata alagoana e ampliaram o seu favoritismo diante de seus adversários. Em União dos Palmares, a agenda de 3 dos 34 membros começou com uma entrevista na rádio Farol Fm no programa do jornalista Ivan Nunes.

Em seguida eles estiveram na delegacia regional onde fizeram uma panfletagem com os colegas com uma carta programa da Chapa 2 - onde eles defendem que "o meu partido é a categoria", numa crítica velada aos seus concorrentes.

Para Alexandre Ferreira dos Santos, "é preciso que a instituição desenvolva um trabalho de assistência ao policial civil no interior. Não se admite que em determinadas delegacias do estado o contigente de agentes da PC não ultrapasse a 3 policiais civis. Eles precisam acabar com uma atidade fim que é a de carcereiro e, sim, investigar os crimes cometidos por quem quer que seja como manda a lei ", defendeu Alexandre que compõe a chapa 2 como  1º secretário.

De acordo com Edson Souza da Silva, "a chapa 2 vem sendo extremamente aceita pela categoria que atua no interior de Alagoas. Nós acionamos a Justiça comum para que ela possa autorizar a implantaçãod e urnas nas delegacias espalhadas pelo interior, haja vista que no dia da eleição, alguns colegas estarão de plantão e isso se torna numa imensa dificuldade para que eles possam expressar o seu desejo em participar do pleito", defendeu Edson que é candidato a 1º Delegado Sindical.

Segundo José Roberto Ventura, jornalista e policial civil, "o seu apoio a chapa 2 se deve a uma necessidade urgente de oxigenar o Sindpol, é dificil entender que exista alguns membros da nossa categoria que insiste em se perpetuar no poder. Chegou a hora da chapa 2 mostrar na prática que  valorização policial é necessária, tudo isso com ética e transparência", finalizou.

 

 

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário