Exclusivo: pesquisa no grande Agreste revela disputa acirrada; por Voney Malta


Rodrigo Valença foi bem avaliado na região do Agreste para deputado federal



Senador Renan Calheiros e Renan Filho foram bem avaliados na região do Agreste segundo jornalista Voney Malta



O confronto maior pode ser observado para o Senado. Heloísa Helena reforça a sua condição de ser uma candidata bastante viável diante de possíveis concorrentes que terão, incomparavelmente, ‘maiores estruturas’ de campanha. No entanto, embora não apareça em primeiro lugar - dentro da margem de erro há empate técnico -, em todos os levantamentos divulgados até o momento ela disputa a liderança em locais onde os seus adversários têm grande influência, portanto, deveriam ter uma maior pontuação, o que não ocorre.

Outro detalhe importante para 2018: Ao contrário de eleições anteriores para o Senado em que foi derrotada, na do próximo ano HH não vai enfrentar adversários com o apoio total de um governo federal forte, com obras e bem avaliado como ocorreu no auge dos governos Lula e Dilma. Consequentemente, crescem as suas chances na disputa por uma das duas vagas, o que não será surpresa porque o cenário atual é completamente diferente.

Essa nova pesquisa do Instituto Falpe foi realizada entre os dias 17 e 27 de julho. 5 mil pessoas foram ouvidas em 20 municípios do chamado “Grande Agreste”. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos.

Palmeira dos Índios, Arapiraca, Igaci, Craíbas, Traipu, Girau do Ponciano, Campo Grande, Olho Dágua Grande, Feira Grande, Lagoa da Canoa, Campo Alegre, Junqueiro, Teotonio Vilela, São Sebastião, Coité do Noia, Taquarana, Belém, Tanque D’arca, Anadia e Maribondo formam a região mais importante do interior, cujo eleitorado supera 458 mil eleitores. O maior colégio eleitoral é Arapiraca, com mais de 137 mil eleitores. Olho D’água Grande é o menor, apenas 4.348.

Um fato chamou a atenção dos pesquisadores. Com  4.742 eleitores, Belém tem uma população de 5.585 habitantes. Ou seja, quase todos os moradores votam.

Ah, aqui vai um recadinho de Chico da Pesquisa, proprietário do Falpe, para quem duvida: O Instituto já acertou diversos resultados isoladamente: entre tantos, a derrota de Divaldo Suruagy para deputado federal na eleição após ter deixado o governo em crise; também cravou a vitória no primeiro turno de Teotonio Vilela contra João Lyra, assim como o empate técnico na disputa acirradíssima na eleição da OAB/AL entre Fernando Falcão e Fernanda Marinela.

Leia abaixo os resultados da pesquisa para senador, governador deputado estadual, federal e o governo Temer:

Senador:

Desses nomes citados, em quem você votaria para Senador?

Benedito de Lira, 23%; Teotonio Vilela, 22,5%; Heloísa Helena, 20,5%; Renan Calheiros, 17,5%; Marx Beltrão, 6,75%; João Caldas, 4%; nenhum, 27%; não opinaram, 24%.

Desses nomes citados, em quem você não votaria para Senador?

Renan Calheiros, 4,25%; Benedito de Lira, 3,25%; Heloísa Helena, 2%; Teotonio Vilela, 1,75%; Marx Beltrão e João Caldas, 1%. Nenhum, 27%; nada contra, 31% e não opinaram, 28,75%.

Governador:

Desses nomes citados, em quem você não votaria para governador?

JHC, 6%; Renan filho, 5%; Rui Palmeira, 4%; nenhum, 26,5%; nada contra e não opinaram, 29,25%.

Desses nomes citados, em quem você votaria para governador?

Renan Filho, 36,5%; Rui Palmeira, 12,75%; JHC, 6%; nenhum, 26,5%; 18,25% não opinaram.

Se for entre Renan Filho e Rui Palmeira?

O governador fica com 37,5%; Rui, 14,75%; nenhum, 29%; não opinaram, 18,75%.

Se for entre Renan e JHC?

Renan, 39,25%; JHC, 9,75%; nenhum, 31,75%; 19,25% não opinaram.

Você aprova ou desaprova a administração do atual governador Renan Filho?

Aprova, 47,5%; desaprova, 30,5%; não opinaram, 22%.

Você aprova ou desaprova a administração do atual  presidente Michel Temer?

Aprova, 7,5%; desaprova, 80,5%; não opinaram, 12%.

Deputado Federal:

Desses nomes citados, em quem você votaria para deputado federal?

Ronaldo Lessa, 8,75%; Arthur Lira, 7,25%; Carimbão Pai, 6,75%; Severino Pessoa, 5,5%; Fabiana Lira esposa de Jairzinho Lira, 4%; Nivaldo Albuquerque e Cícero Almeida, 3,5%; Gilvan Barros Pai, 3,25%; Pedro Vilela e Rosinha da Adefal, 2,5%; Marx Beltrão, 2,25%; JHC, 1,75%; Sérgio Toledo, Maurício Quintella e Paulão do PT empatam com 1,25%; Doutor Wanderley, 1%; Rodrigo, prefeito de São José da Laje, 0,25%; nenhum, 25,5%; não opinaram, 18%.

Deputado estadual:

Se a eleição para deputado estadual fosse hoje, em quem você votaria?

Antônio Albuquerque, 1,5%; Jô Pereira e Jairzinho Lira, 1,25%; Rodrigo Cunha, 1%; Gilvan Barros Filho, Marlan Ferreira e Tarciso Freire empatam com 0,5%; também empatam Severino Pessoa, Ricardo Nezinho, Ângela Garrote e Val Gaia com 0,25%; Alves Correia, Galba Novaes, Carimbão Filho, João Beltrão, James Ribeiro, Chico Tenório, Breno Albuquerque e Thalisson da Costa, somaram, juntos, 0,75%; não opinaram, 91,75%.

Desses nomes citados, em quem você votaria para deputado estadual?

Célia Rocha, 9,5%; Jô Pereira e Antônio Albuquerque, 7,25%; Ângela Garrote, 5%; Jairzinho Lira e Ricardo Nezinho obtiveram 4,75%; Rodrigo Cunha, 4,5%; Gilvan Barros Filho, 3,75%; Severino Pessoa, 3%; Tarciso Freire, 2,5%; João Beltrão, Marlan Ferreira, chico Tenório e Val Gaia empatam com 2,25%; James Ribeiro, 1,25%; Bruno Pedro, 1%; Paulo Dantas e Moacir Teófilo (filho de Rogério Teófilo), 0,75%; Carlos Alberto Canuto, isnaldo bulhões, Breno Albuquerque e Pedro Acioly, 0,5%; Bruno Toledo obtiveram 0,25%; nenhum, 17,75%; não opinaram, 14,75%.

 

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário