Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Política

Em busca da reeleição, ex-adversário vira aliado dos Calheiros


Governador Renan e o novo secretário professor Régis Cavalcante


Em mais uma articulação para tentar fortalecer sua base partidária para seu projeto de reeleição em 2018, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB) deu posse ao presidente estadual do PPS, Régis Cavalcante, nesta segunda-feira (7), como novo secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação. A solenidade aconteceu no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares.

O jornalista, ex-vereador de Maceió e ex-deputado federal disse assumir a política pública com foco na integração entre escola e empresa, acelerando iniciativas de inclusão produtiva voltadas às classes menos favorecidas, em inserção do jovem no primeiro emprego e empreendedorismo

Nosso desafio à frente da Secretaria é torná-la contemporânea do futuro, trabalhando com o governador Renan Filho para estabelecermos novos parâmetros de uma política de inovação e tecnologia pensando na integração entre escola e empresa, empregando esforços

No aspecto partidário, Régis disse ao Diário do Poder que o partido estava livre para alianças em Alagoas e que o governador insistiu em contar com o PPS no seu governo. A escolha de seu nome significaria, segundo o novo secretário, o reconhecimento da rara trajetória de mais de 30 anos sem mudar de partido. Ele disse que a sigla integrará uma gestão que deseja ampliar sua base política e consolidar o governo que vai para reeleição.

"Como por origem sou jornalista, sou multitarefa, e estarei sempre focado no crescimento do PPS. No entanto, é momento de ver mais pessoas do bem na vida política porque chegamos a um ponto no Brasil em que isso é absolutamente necessário. E o PPS por sua história e compromisso encontra-se aberto para este novo momento", disse Régis, ao Diário do Poder.

O líder estadual do PPS apoiou o prefeito de Maceió Rui Palmeira (PSDB), em 2016, contra o candidato dos Calheiros e deputado federal Cícero Almeida (PMDB-AL). Mas não obteve espaço que desejava na gestão tucana e, logo saiu da base.

O novo secretário é professor-mestre da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e, além de presidir o PPS em Alagoas, é secretário nacional de Finanças do partido. Ele também falou em priorizar o envolvimento de empresas, universidade e programas federais de inovação tecnológica, para criar um ambiente favorável a investimentos, seja na gestão pública, seja para o uso do grande público.

Segundo Renan Filho, o novo secretário terá a missão de consolidar o polo de Ciência, Tecnologia e Inovação, que está em fase de conclusão no bairro do Jaraguá, em Maceió.

O ex-titular da pasta, Pablo Viana, sempre apareceu na lista de pendurados nas reformas administrativas realizadas por Renan Filho desde 2015; tendo colocado o cargo à disposição desde o primeiro semestre de 2016.

Além do PMDB e do PPS, a base aliada do governo de Renan Filho hoje é formada pelos partidos PSD, PCdoB, PTB, PHS e PTdoB. (Com informações da Agência Alagoas)

Fonte -  Diário do Poder jornalista Davi Soares

Publicado em 08/08/2017
0 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: