Kil de Freitas fechará 2017 com restos a pagar; maiores prejudicados são os fornecedores e contratados


Kil: perdeu controle das finanças da prefeitura de União dos Palmares e deixará restos a pagar; um péssimo exemplo; Câmara Municipal silênciou sobre o assunto



Um especialista em contas públicas ouvido pelo blog revelou que o prefeito Kil de Freitas deixará restos a pagar na prefeitura de União dos Palmares. Essa situação foi provocada pela falta de planejamento de sua equipe de Finanças, comandada, por Jorjão Luiz, marido da secretária municipal de Educação e, que nunca assumiu a função em lugar nenhum na face da terra.

Os mais penalizados serão os fornecedores e o servidor municipal, principalmente os contratados que foram demitidos e ainda por cima tiveram seus salários divididos em até 10x. Kil de Freitas já liberou um mês do acordo que ele impôs aos ex-servidores e eleitores do prefeito que se envolveu numa série de novos escândalos quando o assunto é licitação pública, a exemplo dos Caixões, lanche e quentinha.

Quando deixou a prefeitura municipal de União dos Palmares, em 2012, Kil de Freitas deu um calote no comércio de mais de R$ 1,5 milhão. Principalmente aos fornecedores da prefeitura como vendedores de material de construção. Ninguém acionou a Justiça para receber do então prefeito Beto Baia e nem tampouco de Eduardo Pedrosa, que terminou o último governo.

Kil volta a administrar União dos Palmares quatro anos depois e, o calote continua nos fornecedores do município e, o calote aumentou em 2017 quando ele fecha o ano com restos a pagar. Um gestor caloteiro contumaz, que dá ares de estar acima da lei.

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário