Polícia não tem pistas de homem que estuprou aluna da rede no interior de posto de saúde


Caso foi parar na Delegacia Regional de União dos Palmares



A Polícia Civil disse não ter uma linha de investigação do suposto estupro de uma estudante ocorrido no início da semana próximo ao posto de saúde irmãos, Francisco e Nelson Araújo, no bairro Roberto Correia de Araújo em União dos Palmares.

A garota que estuda na escola Salomé da Rocha Barros reside nas imediações e, tem 16 anos. Nos primeiros levantamentos a Polícia Civil revelou que ela retornava para casa quando foi abordada com um galanteio feito pelo estuprador que utilizava uma motocicleta preta.

Ele chegou a dá um 'salve' a vítima que não respondeu. Foi a partir desse momento que ele passou a seguir o seu alvo. 

O ataque

O homem se aproximou da vítima colocando a mão na cintura, simulando ter uma arma de fogo, dizendo se ela reagisse ele iria mata-la ali mesmo. Com medo a vítima foi dominada e levada para um terreno abandonado, onde foi abusada sexualmente e depois deixada no local. O autor fugiu.

Ainda  de acordo com informações, a vítima informou que o suspeito é um  homem moreno alto, magro, do cabelo cacheados, e que possui uma  tatuagem nas costas, e que na ação criminosa,  ele  pilotava  uma moto Honda Bros de cor  Preta. O estupro tteria acontecido por trás do muro do posto de saúde, numa área escura e desprovida de segurança. 

 O caso foi registrado na delegacia Regional de União dos Palmares e está sendo investigado pelo Delegado Regional, Válter Nascimento.

A Polícia Civil pede a população se alguém souber informações outras de algum indivíduo com essas características, favor  ligar para o número do disk denúncias da policia 181, ligação gratuita de qualquer telefone.

Com informações do Grupo Branquinha & Região

Comentários 1

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. AE escreveu em 19/04/2018 16:45:52:

    BOnde do 3, ta querendo buscar ele

Poste o seu comentário