Jornalista da TV Globo grava na Serra da Barriga e Muquém sobre legado de Zumbi dos Palmares; tem vídeos


No paredão da história, Henderson entrevista Zezito Araújo



Uma reunião antes do gravando







Henderson e Zezito Araújo no Mirante





















O jornalista da TV Globo, Alexandre Henderson, esteve em União dos Palmares durante uma semana. Ao lado dos produtores do programa Como Será, apresentado aos sábados pela manhã pela colega Sandra Annemberg, onde ele tem um quadro chamado "Hoje é dia D", o jornalista entrevistou durante sua permanência em União dos Palmares o professor e historiador da Universidade Federal de Alagoas(UFAL), Zezito Araújo, e moradores da comunidade quilombola do Muquém.

A linha editorial desse quadro o blog digital não gravou imagens das falas do Alexandre com o seu convidado, fez apenas registros fotográficos graças a colaboração de uma fonte nativa do blog, mas evidentemente descobriu que toda a sua participação no quadro do Hoje é Dia será dedicado a história quilombola e como os escravos vieram parar na Serra da Barriga.

O mural de placas dependuradas numa parede de pau a pique o global gravou várias passagens explicando um pouco do legado de Zumbi, como a serra se tornou patrimônio histórico nacional, qual foi o ministro da época(Pimenta) e em que gestão(Rosiber Oliveira - já falecido).

A nossa reportagem tentou pelo telefone, conversar com o professor Zezito Araújo, para ver se ele abria o jogo sobre esse programa especial que vai ao ar por esses dias, mas não conseguimos falar com ele. Mas na verdade, o melhor mesmo é esperar.

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário