Jairinho Maia impulsiona agricultura familiar assistindo produtores rurais de Branquinha


Produtores se reúnem com a prefeitura onde decidem agenda do trabalhador




Numa visita ao campo eles definem metas para a venda de seus produtos



Eles estão afinados com a secretaria municipal de Agricultura



Toda a logistica recebe apoio e incentivo do prefeito Jairinho Maia



Resultado desse trabalho gera venda dos produtos na feira da







Resultado desse trabalho gera venda dos produtos na feira da Agricultura familiar


O prefeito Jairinho Maia vem impusionando a agricultura familiar com ações diretas voltadas para os trabalhadores rurais espalhados nos 5 assentamentos no município, como diz a secretária municipal de Agricultura Rayza Veríssimo.

 - Semanalmente nós fazemos visitas técninas aos assentamentos para entender a logística que eles utilizam, qual a cultura é plantada e sua demanda, além é claro de desejar informações outras com relação as suas dificuldades no plantio, escoamento dos produtos, haja visto que Branquinha é uma das cidades bem avaliadas na plantação de laranja, disse Rayza. 

Ela conta que a base da economia de Branquinha gira em torno da agricultura familiar então "estamos monitorando essa relação promovendo reuniões com as lideranças dos assentamentos, onde elaboramos uma agenda de visitas. Notamos que a mosca negra vem sendo um dos vetores que causam prejuízos aos produtores mas estamos dispostos a reverter essa situação com a ajuda do prefeito Jairinho Maia e vamos sim, combatê-la".

Raíza lembra que recentemente o pátio da antiga sede da prefeitura municipal de Branquinha virou ambiente propício para a realização de negócios entre os produtores com a participação de moradores nativos e pessoas que passam na BR-104 e são atraídos pela feira da Agicultura Familiar na compra desses produtos que vem se tornando num grande negócio para quem produz e vive da terra", finaliza a secretária Rayza Veríssimo, destacando o empenho do prefeito Jairinho Maia que tem um olhar diferente voltado para o homem do campo.

 



Comentários