06/05/2020 Por Ivan Nunes

Condições de saúde das testemunhas do crime de Ibateguara faz delegado suspender oitivas

O delegado da Polícia Civil de Ibateguara, Jorge Barbosa de Almeida, postergou a oitiva que aconteceria na manhã desta quinta-feira,7, com as vítimas que sobreviveram ao tiroteio ocorrido no centro da cidade pelo criminoso Mateus Ferreira de Lima Brasil, de 25 anos.

Seriam ouvidos a mulher de 40 anos, identificada como Veronice de Freitas que se encontrava ao lado da vítima, Carlos José Barbosa da Silva, de 21 anos de idade, morto com vários disparos de revólver calibre 38, praticamente a queima-roupa além de Almir, ferido à bala quando tentava escapar do tiroteio. 

Almir foi alvejado no braço. Já Veronice - que é agente de saúde de Ibateguara, foi atingida nos rins e Pâncreas, e seu estado de saúde é estável. 

A sua filha de 8 anos, identificada como Ana Júlia, foi atingida no abdome. A bala transfixou sua coluna. O quadro clínico de todos é estável de acordo com boletim médico divulgado no final da tarde.

De acordo com o delegado Jorge Barbosa,"serão ouvidos nesta quinta-feira, os pais das vítimas que se encontram internadas no HGE. Eles poderão ajudar no esclarecimento desse crime que deixou a cidade perplexa", disse.

Jorge Barbosa disse ainda, que Mateus Ferreira de Lima Brasil, réu confesso no assassinato de Carlos José, que trabalhava na usina Serra Grande, já tem passagem pela polícia por homicídio qualificado.

"Em 2019 ele assassinou um homem no Distrito de Canastra e foi preso dias depois e, agora, reaparece para cometer uma atrocidades dessas", lamentou. 

Comentários


Mateus - acusado de assassinar Carlos José, o Miúdo, á tiros segue preso em União dos Palmares

Sandra Freitas escreveu em 07/05/2020 06:46:58:

Elas é minha irmã e subrinha.;Como um mostro dese marta e é Souto pra fazer outro crime e fazer famílias sofre porque oquer nós estamos sofrendo eu não desejo pra ninguém. Aminha irmã e subrinha está viva por que Deus e Jesus e maravilhoso. Então manter Elis presos ou Elis vai marta denovo e denovo destruindo famílias destruídos sonhos.

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes