13/05/2020 Por Ivan Nunes

Uma aliança política cada vez mais difícil de acontecer

Eles são, até o momento, 12 pré-candidatos a prefeitura de União dos Palmares, município da Zona da Mata alagoana. Utilizam às emissoras de rádios locais, três delas, para falar aos respectivos ouvintes que são pré-candidatos ao cargo e que desejam mudança no cenário político da cidade.

Um detalhe que tem chamado a atenção dos eleitores ouvidos pelo blog, se localiza na voz que vai dá o tom de oposição ao prefeito Kil de Freitas que vem baulando seu caminho, e bem, para renovar seu mandato.

Sebastião de Jesus; Silvany Calixto, Serginho Rogério, Zé Carlos Leão, Zé Alfredo(ainda sem quitação eleitoral), Manoel Gomes de Barros, vereador Tita; vereador Bruno Lopes, vereador Caju, Eduardo Pedrosa, pastor Charles e Kil de Freitas. São nossas opções políticas para 2020.

A festa da padroeira não tinha nem começado, lembro, quando 20 cabeças pensantes da política local, reuniram reiteradas vezes em locais diferentes para discutir a sucessão municipal.

Para não gastar muito o meu português, deixaram de lado a ideia de discutir a sucessão política e passaram à individualização. Ponto para Kil de Freitas que viu escorrer pelo ralo, um comando político que faltou oxigênio para levá-lo adelante.

Sem planejamento sequer financeiro, eles utilizam parcos recursos de suas economias ou até mesmo do salário do mês para manter viva a ideia de candidatura próspera para os mais de 55 mil eleitores aptos em União dos Palmares.

Kil de Freitas quando iniciou sua vida política depois de ser reprovado nas urnas para deputado estadual e depois vereador em União dos Palmares, resolveu ocupar a vaga de advogado da usina Laginha, dada por Zé Pedrosa a Dr Célio Duarte que rechaçou o emprego e passou à função para Kil de Freitas que agarrou com as duas mãos e de lá para cá, alçou grandes voos, cada vez mais alto na política palmarina.

De novo, sem ZA na sua frente, assume a preferência do eleitorado local, mesmo alguns apostando na rejeição que ele carrega nos ombros. Kil de Freitas conbtinua sendo um bom articulador político, com ele a sua pré-candidatura avança por que sabe reagrupar em  torno de seu nome.

Do outro lado, um universo de líderes sem mandato em torno de uma mesa, para traçar unificação, aliança política, cada vez mais dificil devido ao ego de cada um, se encontrar cada vez mais inflado.

Pense comigo: Kil de Freitas organizou um bloco político, postura que adota até os dias atuais - Kil tem 5 partidos em torno de si com mais de 120 pré-candidatos a vereador, cada um mais expressivo que outro em se tratando de puxadores de votos.

Os demais, 10 deles, campengam. Caminham apenas, para atender a legislatição eleitoral, por serem soberbos políticamente; imodestos e cheísssimos de vaidade. Mesmo assim, segue o jogo!

Comentários


Sebastião de Jesus - pré-candidato pelo Cidadania


Sérgio Rogério e os seus apoiadores; entre eles o deputado federal Paulão


Pré-candidata a prefeita, professora Silvany é do PRTB


Zé Alfredo vive o drama da falta de quitação eleitoral


Kil de Freitas: primeiros passos para as sucessivas conquistas políticas em União dos Palmares


Manoel Gomes de Barros


Primeiros passos; apenas os primeiros passos, nada mais!

Vanio da farmácia escreveu em 13/05/2020 13:46:39:

Junta tudo pra remar contra kil aposto que o barco naufraga kkkk

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes