17/05/2020 Por Ivan Nunes

Missinho se supera e sua live é destaque nas redes

Ele estava fora da mídia tem 5 anos, mas recebeu uma dose cavalar de autoestima de alguns amigos que acompanharam sua trajetória na música e Missinho protagonizou uma das mais atraentes lives já vistas nos últimos dias de Covid-19.

Missinho foi a alegria que faltava nessa época de coronavírus em União dos Palmares ao realizar a sua inédita live cantando antigos e novos sucessos num palco montado no restaurante Mirante das Águas do Adeilton Lima, localizado no prolongamento da estrada da laranja.

Com convidados excepcionais a exemplo de Caio Baia, Rizek(Ibateguara) e Pitu, Missinho conseguiu superar às mais de 8 ,il visualizações. Outros tantos, optaram por assistir sua live sem se manifestar, apenas de boa.

A apresentação da live de Missinho foi de responsabilidade do radialista Kleber Marques com seus alôs para os patrocinadores e amigos do cantor que já foi censurado na sua terra natal, para não cantar o refrão de uma de suas mais tocadas melodias nas emissoras locais: o pega fogo cabaré.

Era festa da padroeira da cidade, quando a comissão chegou para Missinho e advertiu o cantor para ele não falar nem cantar o refrão "Pega Fogo Cabaré" num ato de censura explícita ao artista que no apagar das luzes de sua participação foi aclamado pelos presentes para cantar o Pega Fogo Cabaré. Uma loucura na época", disse um observador do talentoso Missinho.

A live de Missinho superou a marca das 3h e 40 minutos de duração e foi alvo de alguns comentários. Alguns elogiososo, outros foram espirituosos alegando que o show fazia lembrar a festa da padroeira de União dos Palmares com muitos comerciais e alôs, fator natural de uma linha de show agradável e atraente.

Comentários


Missinho: volta por cima com sua live


Radialista Kleber Marques: alo, alô Terezinha, um minuto para os comerciais!

James escreveu em 17/05/2020 10:23:33:

Nota 1000

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes