28/06/2020 Por Ivan Nunes

A tradição e o sabor



 

A sorveteria São Luiz decididamente se revelou na mais antiga de União dos Palmares. Sempre foi a melhor referência por seus acepipes, cuja maestria sempre recebeu o capricho de seu Luiz Alves da Silva, o seu Luiz do Sorvete.

Em 1973, ele tomava seu veículo um Esplanada e se deslocava para Rocha Cavalcante, a Barra do Canhoto para ampliar cada vez mais à sua clientela. Quando o pingo do meio-dia se aproximava seu Luiz já estava livre, devido ao sucesso nas vendas, eram verdadeiros pitéus seus sorvetes e picolés.

Foi em 1973 que chegava para fazer parte da sorveteria São Luiz, o menino, José Alves Diniz, filho mais novo de seu Manoel Francisco, mais conhecido como seu Nézinho.

Zeca desembarcou aos 15 anos de idade, depois que toda sua família passou a residir em União dos Palmares, deixando para trás a Barra do Canhoto.

Um crime entre membros da mesma família, deixou seu Nézinho, pai do Zeca, desgostoso com o lugar; foi então que seu Luiz do Sorvete pediu a seu Francisco o Zeca para trabalhar com ele. De pronto, José Alves Diniz, hoje com 63 anos de idade foi encaixado na sorveteria cuja liderança na venda do sorvete sempre foi a tônica.

Antes de seu Luiz ingressar como Fiscal de Tributos no estado de Alagoas, num ato administrativo do ex-governador Divaldo Suruagy, reparando um erro histórico na sua vida, ele já tinha aprovado o melhor refresco dos últimos 40 anos criado pelo Zeca nos sabores Coco, Maracujá e Goiaba. Um patrimônio Imaterial com a mais absoluta justiça. Decretem!

Seu Luiz Alves da Silva, faleceu aos 83, mas ficou o legado de um homem simples e fabricante de um dos mais saborosos sorvetes da região(pena que a máquina está quebrada nos dias de hoje) mas ficou a iguaria mais autêntica entre às várias gerações com o sorvete e o picolé e, agora, o refresco nos sabores maracujá, goiaba e coco. Tudo isso, para quem tem paladar.(Ivan Nunes)

Comentários


Sorveteria São Luiz, para os dias de hoje


Sob o comando do saudoso seu Luiz e do nosso amigo, Zeca, sempre o melhor sabor





Zeca do sorvete: há 40 anos entre à tradição e o sabor




Wilson da Barra escreveu em 03/07/2020 21:25:47:

valeu meu amigo e irmão ZECA

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes