13/07/2020 Por Ivan Nunes

Dia D para Zé Alfredo na política palmarina; desta vez está em jogo o embargo de declaração

Ministério Público Eleitoral, voltou a pedir a rejeição dos embargos de declaração de Zé Alfredo, cujo julgamento está previsto para ocorrer nesta segunda-feira,13. O julgamento do recurso proposto pelo vice-prefeito de União dos Palmares será no plenário Virtual do Tribunal Eleitoral do Estado de Alagoas, e visa atacar o acordão que julgou as contas não prestadas do pleito eleitoral de 2018 , quando ZA concorreu o cargo de deputado estadual para à Assembleia legislativa de Alagoas. 

O Procuradora Federal a Drª. ALDIRLA PEREIRA DE ALBUQUERQUE, opinou que ” o Acórdão foi suficientemente claro e minuciosamente fundamentado, onde se expôs ponto a ponto os motivos pelos quais as contas não serão objeto de novo julgamento. "Ante o exposto, não havendo vício de omissão, obscuridade ou contradição no Acórdão Id. 2035313, manifesta-se o Ministério Público Eleitoral pela rejeição dos embargos declaratórios”, foi o parecer da procuradora.

Quem teve o mesmo entendimento foi o desembargador Relator que já se manifestou sobre o recurso: ” Inobstante a insistente tese do Peticionário, destaco, novamente, a impossibilidade de empreender novo julgamento de suas contas de campanha, sendo o objeto da presente demanda restrito à regularização de suas anotações cadastrais junto ao banco de dados desta Justiça Especializadas.” 

Sendo assim, de acordo com estes autos o candidato José Alfredo Soares Lins Wanderley, só estará apto para ser votado apenas no pleito eleitoral do ano de 2022.", foi o entendimento.

José Alfredo é filiado ao PTB depois de ter sido candidato para deputado estadual pelo Avante, onde arrumou essa encrenca eleitoral. Pesquisas apontam que ele se destaca entre os pré-candidatos Zé Carlos Leão, Serginho do PT, Sebastião de Jesus, Pastor Charles e Paulo Nilton. Atualmente é vice-prefeito de União dos Palmares.

Com consultoria de Dr Marcos Paulo Oliveira

Comentários


Fac-símile da decisão(reprodução)


ZA; esperando

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes