Artista multifacetado, Thiago de Jah veleja por diversos ritmos e mergulha no oceano literário

Cantor, compositor, poeta e escritor, Thiago Correia já foi Filho do Rei, artista local a lançar primeiro CD com músicas autorais dele e de parceiros da música. Nos dias de hoje surfa no Thiago de Jah ou JahAlagoas. Todos os anos idealiza projetos musicais, as vezes em parceria, outras, nem tantas.

Quilombola de Jah, essa é a palavra que melhor define quando se pensa em Thiago Correia, um ex-office-boy de uma revendedora de cimento de propriedade da família. É um artista que se diferencia pela versatilidade tanto no repertório quanto no que escreve.

Acadêmico do curso de Letras pela Unirversidade Estadual de Alagoas - Campus V Zumbi dos Palmares, em União dos Palmares, sua terra natal. 

Thiago de Jah é de uma capacidade invulgar, sua versatilidade de repertório surpreende, pois fica sempre buscando valorizar muitos ritmos, seja na Música Popular Brasileira, na Ciranda, Samba, Sambarock, música para criança, reggae - sua especialidade, e forró, são alguns dos tons que compõem o painel desse artista palmarino.

Único que vive sempre no mundo do pop-rock e no próprio rock, no jazz, e, no reggae, sua essência. "São os 365 dias do ano e não, em eventos criados na cidade que sempre ficam pelo caminho. Assim sou eu!", se define.

Como poeta e escritor, Thiago de Jah mostra também a sua singularidade na forma de escrever, pois escreve como pensa, dizem os leitores.

Sempre dividindo seus escritos, vezes com um professor da Uneal e também poeta, vezes com amigos, a exemplo de Gil de Sá, ou até mesmo pelas redes sociais em blogs, sites, sempre contendo seus poemas, frases, contos, causos e pensamentos.

Hoje vive em Maceió mas estuda na Uneal - União dos Palmares. Atravessa um deserto mas contrito em Jah, diz que superará. Divide seu coração com Bia, que tem sido sua musa, amuleto e inspiração.

Figura emblemática, poderia se juntar a Mãe Neide, Irinéia Nunes e virar patrimônio imaterial do Quilombo dos Palmares, terra que canta em verso e prosa há 39 anos.

 


Thiago Correia: música e reflexão na terra de Palmares

Comentários

Comente também!