18/09/2020 Por Ivan Nunes

Jornalista político destaca liderança de Neno em São José da Laje; por Wadson Régis

Wadson Regis

O prefeito Rodrigo Valença deixará um legado após oito anos comandando a Prefeitura de São José da Laje. Ele é visto como a nova liderança jovem da região, que tem como expoente o deputado federal JHC, natural de Ibateguara. Tendo o pai, Paulo Roberto Pereira, o “Neno da Laje, como mentor, Rodrigo Valença já articula sua eleição para ocupar uma das vagas de federal. 

Na opinião de Roberto Ventura, uma das referências do jornalismo político da zona da mata de Alagoas, Rodrigo é uma versão nova de Neno da Laje. “Eu trabalhei como policial civil, três vezes na Laje, em administrações do Valter, Luiz Daniel e do Neno, que está marcado na história política de São José da Laje, porque foi ele que trouxe tudo.

A Laje era uma cidade acanhada, inibida, uma cidade que não tinha o respeito e credibilidade e moral, nem com a classe política alagoana e principalmente com o povo lajense. O Neno foi o prefeito dos menos favorecidos e um cara fundamental para o que é hoje São José da Laje”, destaca Ventura.

O jornalista, que também atuou como âncora em emissoras de rádio de União dos Palmares, acredita que os ensinamentos de Neno foram decisivos para a formação de liderança política de Rodrigo Valença.

“Para surpresa de todos e eu acredito que para surpresa do próprio pai, ele deu um show de administração, evidentemente com o Neno como conselheiro, que é altamente estrategista. Eu chego na Laje hoje e vejo avanço, diferente do que se ver em outros municípios. É uma gestão a quatro mãos que deu certo”, destaca Ventura.

Comentários


Neno da Laje: articulador

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes