18/10/2020 Por Ivan Nunes

Improbidade administrativa julgada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas caminha para dez anos de impunidade



 

Os maus feitos administrativos do prefeito Kil de Freitas que duram 8 anos, tem um alvo: o abandono da fé dos católicos de União dos Palmares.

A imagem idealizada e executada pelo prefeito de União dos Palmares para homenagear Santa Maria Madalena vem se destruindo pelo tempo e falta de zelo. O abandono é visível. O que poderia ser diferente a exemplo do que acontece nas cidades bem sucedidas com o turismo religioso, como Juazeiro do Norte-CE, aqui a situação é extremamente vergonhosa.

O vice-prefeito Zé Alfredo, concorrente ameaça do prefeito Kil de Freitas vem mostrando nas redes sociais a situação de um projeto que custou R$ 128 mil reais em 'cash' vivo pagos pela prefeitura na confecção da imagem colocada numa base de concreto com mais de 8 metros de profundidade.

No filme, ZA lembra o que todo mundo sabe sobre a condenação em segunda instância do candidato do MDB em decisão já transitada e julgada pelos desembargadores do Tribunal de Justiça de Alagoas.

A condenação do prefeito de União dos Palmares caminha para dez anos ininterruptos e a corte não executa o que seria o afastamento do prefeito do MDB, condenado por improbidade administrativa.

Confira, o vídeo-denúncia que o blog teve acesso nas redes sociais.

Comentários

Durval Fernando escreveu em 18/10/2020 09:56:59:

O desprezo pela a imagem é geral, pois a imagem não condiz com a santa, o artífice errou na confecção da imagem, pois a deixou com os quilos a mais, de modo que não houve apreciação pelos próprios Fies

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes