É isso mesmo, papai Noel existe!

O que precisamos entender é que Noel não é simplesmente um bom velhinho, de barbas brancas, roupa vermelha e que entrega presentes. É muito mais que isso, papai Noel é um  sentimento.

Sentimento este que faz com que as pessoas fiquem mais empáticas, que faz com que todos queiram ajudar aqueles que mais precisam e que nos faz presentear os que mais amamos.

As pessoas perdoam mais, o comércio vende mais, encontramos com pessoas que gostamos, esquecemos um pouco as preocupações e enchemos nosso peito de alegria e esperança por novos tempos.

Aparentemente esse bom velhinho parece roubar a cena e tirar o protagonismo do verdadeiro dono da festa, o aniversariante do dia, Jesus Cristo.

Mas, para este importante aniversariante, não há presente melhor do que ver as pessoas ajudando umas às outras, cheias de bons sentimentos e esperança. Ele sabe que a criação de um personagem é apenas para alegrar ainda mais o seu dia e mostrar de uma forma mais atraente para as crianças o quanto ele é importante.

Se, em nome do bom Noel, tantas coisas boas acontecem, ele precisa sempre existir e ser verdadeiro do que nunca. Pois, sempre que praticamos uma boa ação, Jesus renasce em nós. Então, vamos manter esse sentimento de barbas brancas e roupa vermelha sempre vivo, não só em dezembro, mas em todos os meses.

Afinal, Jesus merece ser presenteado o ano todo!

Feliz Natal para todos!

Fábio Cabral

* Fábio Cabral é advogado, músico e escreve para o blog em datas especiais; deveria ser sempre!

A redação





Dr Fábio Cabral

Comentários

Comente também!