04/01/2021 Por Ivan Nunes

Em nota, titular do Cartório do Registro Civil de União dos Palmares, conta motivo de afastamento

O afastamento imediato da Psicóloga Maria do Socorro da Silva Aragão do cartório do registro Civil de União dos Palmares, foi um duro golpe na trajetória e no legado da família Aragão Pereira, primeiros registradores de nossa cidade desde 1936.

A alegação de nepotismo oriunda  da Corregedoria de Justiça do Estado de Alagoas, como fator principal a saída da Psicóloga Maria do Socorro Aragão Pereira contrapõe a outras titularidades existentes deixando claro de que os fins, pouco ou nada justificam os meios.

Foi uma cumplicidade para prejudicar terceiros: um conluio na sua mais pura essência. Uma justificativa que pouco se sustenta à sociedade palmarina.

Primeiro veio Sanelva Aragão e na sequência a doce matriarca do clã Pereira, dona Esmeralda. Por fim, Antônio Aragão Pereira. Uma vida dedicada aos mais diversos sentimentos da população local, nos registros de nomes os mais diversos. Até surreais, às vezes.

A redação recebeu uma Nota de Esclarecimento sobre o episódio que causou surpresa e indignação a população de União dos Palmares e, provocam rompimento de sentimentos cuja dedicação para 'eles' pouco importam. A conferir! 

Nota de esclarecimento

Maria do Socorro da Silva Aragão Pereira, brasileira, casada, que exerceu a função de Escrivã do Registro Civil da sede da Comarca de União dos Palmares – Alagoas onde funcionava na Travessa Costa Rego no centro de União dos Palmares, até o dia 22 de dezembro de 2020, vem por meio deste, esclarecer que:


  • Seu afastamento da Serventia seu deu pelo fato da Douta Corregedoria de Justiça do Estado de Alagoas entender como Nepotismo seu cargo em função da mesma ser casada com o analista Judiciário Antônio Aragão Pereira que foi Escrivão até março de 2016 quando foi removido para o Cartório da 17ª. Vara em Maceió por determinação do Desembargador Washington Luiz;

  • Em outubro de 2006 o então Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça Desembargador Otávio Leão Praxades nomeou a aludida Escrivã para o cargo em aberto desde março do mesmo ano, descaracterizando assim, no seu entedimento, NEPOTISMO razão alegada pela CGJ para seu afastamento como de suas filhas MARIA DO SOCORFRO DE ARAGÃO PEREIRA que até então exercia a Função de Escrivã substituto e THEREZA ESMERALDA DE ARAGÃO PEREIRA, idem.

  • Entende a signatária do presente que cabe recurso junto ao Conselho Nacional de Justiça, também entende esclarecer que seu súbito afastamento praticamente ao mesmo tempo que acontecia outros afastamentos na Comarca por motivos adversos ensejou comentários maldosos sobre sua participação desonesta no exercício da Função o que não condiz com a verdade conforme documento anexo da CGJ-Al.



Enfim, aproveita o ensejo para apresentar aos seus colegas Escrivães, aos clientes da Serventia a qual serviu com dignidade e assiduamente, um Feliz Ano Novo.

a) Maria do Socorro da Silva Aragão Pereira

b) Maria do Socorro de Aragão Pereira

 

O que é Nepotismo?

Nepotismo (do latim nepos, sobrinho, neto, ou descendente) é o termo utilizado para designar o favorecimento de parentes (ou amigos próximos) em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos.

 

Comentários





Jornalista Antônio Aragão, ladeado por suas filhas e a Psicóloga, Maria do Socorro(arquivo pessoal)

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes