06/01/2021 Por Ivan Nunes

Kil evita nomear parentes no seu segundo mandato; nas rapidinhas

Frustrou

Quem imaginava que o prefeito Kil de Freitas nomearia a reca de parentes para cargos do primeiro escalão, saiu frustrado. Comentava-se a boca miúda que Rimelc(cunhada) poderia reassumir a educação; que a esposa e símbolo feminino do MDB na campanha de reeleição do maridão, Gabriela Lins, emplacasse na saúde o seu sonho.

Comentava-se até, que Neto Surrão, o sogro que manquitola em função de uma lesão na coluna, fosse para a antiga Seinfra. Nada. Que apostou suas fichas nessas nomeações, quebrou a cara. Nem mesmo Jorjão foi nomeado.

Frustrou em parte

Uma fonte ligou para a redação e avisou: quem tem dona Lili, sogra do prefeito Kil, auxiliando Madalena Silva, na educação, carece de nomeação para a pasta? Pensando bem, não, pois mandona é ali, disse o interlocutor.

Prestígio

Quem não tem motivos nenhum para reclamar na gestão Kil de Freitas, é o vice-prefeito, Júnior Menezes, indicado pelo secretário do governador, Renan Filho, Mozart Amaral, com influência do pai, ex-prefeito Iran Menezes.

Júnior Menezes, que já foi liga com ZA, indicou Tony para a secretaria municipal de obras, que virou, Urbanismo, Habitação e Obras Públicas; o operacional Muquém, ficou no Saae de Júnior; a esposa do irmão do vice-prefeito, dra Vanessa Gonçalves, foi nomeada procuradora da educação e Bruno Menezes para a superintendência de Iluminação da Cidade. Tem mais?

Tem

Kil de Freitas vai criar uma sub-prefeitura para atender os bairros do Nilton; Nova; Terrenos; Donald; Abolição; Vaquejada e Mutirão, menina dos olhos do pai, ex-prefeito, Iran Menezes.

Nessa nova função do vice-prefeito, Júnior Menezes, o DER vai ficar por trás das obras que serão feitas, com liberdade para construir, derrubar, modificar e consertar tudo nesses bairros. A conferir!

Combativo

Luiz Carlos dos Terrenos não ganhou a eleição é verdade, mas segue combativo aos maus-feitos do prefeito Kil de Freitas nos Terrenos.

Rola nas redes sociais, vídeo onde ele denuncia obra eleitoreira do prefeito Kil no bairro que lhe viu crescer, oriundo da Barriguda com Caborge, Zona Rural de União dos Palmares.

No filminho, ele denuncia a construção pela metade, do calçamento de uma rua do bairro e as dificuldades que moradores enfrentam na hora de deixar à garagem com seus humildes possantes. Um absurdo!

Contra todos

Ricardo Praxedes poderá engolir 14 dos 15 colegas na Câmara de Vereadores com seu discurso-denúncia em cima do prefeito Kil de Freitas.

Na sessão ordinária de estreia, garante 6 oficios e pedido de afastemento de Kil de Freitas da função, cujo teor, ele garante somente revelar no dia. Será que se trata de uma AIME seguida de AIJE? A conferir!

Deu errado

Dá última vez que teve maioria excessiva na Câmara de Vereadores, o prefeito Beto Baia colecionou inimigos, perdeu o controle administrativo e houve rebelião dos vereadores que culminou num processo de cassação de mandato.

Com 14 dos 15 vereadores na mão, o prefeito Kil de Freitas, repete, você acha, o erro de Beto Baia? A conferir, parte 3.

Deu outro nome

Rolou no senadinho de Bobo, localizado na avenida, que para a secretaria municipal de Assistencia Social, o nome indicado seria da mãe do vereador Rafael Pedrosa, que não emplacou segundo mandato de vereador, doutora Rosário.

Uma homenagem a Zé Pedrosa, prefeito que lançou Kil de Freitas no cenário político de União dos Palmares. Mas, disse a fonte, a sogra de Kil, dona Lili, vetou a canetada que seria dada pelo genro na portaria de Rosário Pedrosa.

A fonte disse que o nome da nova titular é novo e que foi indicação, da esposa do prefeito Kil, Gabriela Lins, cuja relação com a imprensa é agradável e urbana.

Em casa

Dona Jane Lamenha Gomes de Barros já está em casa. Tem duas semanas que ela deu entrada no hospital Arthur Ramos, durante a madrugada, para uma série de exames coronários, onde batia a suspeita de ter contraído a Covid-19.

Nem problema de coração, muito menos corona, apenas um stress que a deixou mole e sem apetite. Dona Jane poderá esta semana, desembarcar na fazenda Jurema, para descansar na casa grande com visão voltada para a maior boiada nelore, primeira do mundo, que ocupam os pastos verdejantes da fazenda. Graças a Deus, saúde dona Jane!

Preocupado

O médico Beto Baia anda preocupado com a frieza de Sebastião de Jesus e outros, que poderiam seguir a musculatura das urnas de novembro do ano passado e, mostrar a cara para recuperar as cadeiras que foram um dia de Afrânio Vergeti; Manoel Gomes de Barros e Nelito na Assembleia Legislativa do Estado.

Será que se trata de uma sina, União dos Palmares sempre apoiar gente de fora, para a ALE e ficar chupando dedo!?, comentou o ex-prefeito Beto Baia, que foi o mais perseguido da história política de União dos Palmares.

Cadê a grana?

Nos últimos 3 meses que antecederam as eleições 2020, Kil de Freitas sempre pagou no máximo dia 30 do mês trabalhado, aos médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem, serviços administrativos e equipe de apoio.

De acordo com uma fonte, até o presente momento, zero bala de dinheiro na conta desses profissionais. A última notícia aponta que o pagamento tem data nova: dia 10 do mês subsequente. E, agora, doutores?

Pode ser

Vem do gabinete da secretaria municipal de saúde da prefeitura de União dos Palmares, que Geany Vergeti, poderá trilhar o caminho da mãe, dona Gracinha, no comando do hospital São Vicente de Paulo.

Entendimento nesse sentido já existe com Kil de Freitas, que tem Bárbara Heliodoro como aliada, para fazer o sonho da secretária mais longeva na saúde, em se tornar, supostamente, na mais nova diretora do HSVP.

O povo agradece se for verdade, pois o atual comando, a data de validade tá vencido.

Mudanças

Kil de Freitas vem mudando comandos de postos de saúde do município sem piedade. Seja aliado ou não. No padre Donald, tirou Adeilda Andrade, irmã do ex-presidente Adelson Andrade, e colocou novo nome.

No bairro Abolição, o novo comando é da ex-candidata a vereadora da coligação Kil de Freitas, Aline Bento, que tinha a promessa dele para chefiar a secretaria municipal de Assistência Social e que na hora H Kil negou.

No posto de saúde da Abolição, o salário inicial pela função é de R$ 1.000,00 (mil reais). Pouco, pouco demais!

Até as próximas rapidinhas!

Comentários


Madalena da Silva(educação), foi alvo de elogios nas redes sociais

Envie seu comentário



Blog A Palavra

por Ivan Nunes