Grupo faz manifestação em União dos Palmares contra morte de Dyl; tem vídeos



 

O assassinato de José Aparecido, o Dyl, cujo corpo foi achado por moradores do bairro Nilton Pereira, segue causando revolta e comoção entre os amigos e moradores da cidade.

Neste domingo,11, dezenas de pessoas foram as ruas de União dos Palmares com cartazes e bandeiras brancas pedindo paz e Justiça e contra a violência. A Polícia Militar agiu rápido nesse caso e prendeu o autor do crime no dia seguinte ao assassinato de Dyl.

Marcos José Ferreira de Melo é o principal suspeito. Ele se encontra preso na delegacia regional de União dos Palmares, graças a ação de policiais militares do 2º Batalhão, que localizaram a sua residência na Quadra D -, Quadra 1 casa de número 12, no conjunto habitacional Nilton Pereira.

Na residência do autor do crime foram encontrados uma garruncha calibre 32, mais duas munições intactas e uma deflagrada. A Polícia Militar conseguiu prender o acusado graças a uma adolescente que revelou ter visto Marcos ainda sujo de sangue.

Na casa do criminoso, a informação se confirmou, pois Marcos José Ferreira de Melo, de 44 anos, tinha lavado a calça e uma camisa usada no crime, mas mesmo assim, ficaram algumas manchas de sangue. Segue preso na delegacia regional de União dos Palmares a disposição da Justiça.

Manifestação

No começo da tarde deste domingo de muita chuva em União dos Palmares, amigos e próximos da família do jovem Dyl, sairam as ruas para protestar contra o criminoso.

Músicas, palavras de ordem e cartazes chamaram a atenção das poucas pessoas que estavam nas ruas vazias do centro de União dos Palmares até a regional de polícia.

O blog recebeu vídeos da manifestação pacífica e uma fala de uma amiga da vítima que chegou a chamar o acusado, Marcos José Ferreira de Melo de 'cidadão'. Houve reação contrária a manifestante pelos colegas de passeata.

Os manifestantes seguiram os protocolos sanitários exigidos pelas autoridades, usando máscaras e álcool em gel. A PM não acompanhou o protesto que saiu da entrada de acesso aonde a vítima residia no bairro Nilton Pereira até a 11ª delegacia de União dos Palmares.

 



 



Amigos de Dyl deixaram a avenida Orlando Baia por volta das 15h debaixo de muita chuva


Cartazes revelaram a crueldade contra o jovem Dyl, assassinado a golpes de facão








Acusado no crime de Dyl segue preso em União dos Palmares


José Aparecido(Dyl) vítima de Marcos




Comentários

Comente também!